Faça a Sua Parte

    
    Não se faz nada sozinho neste mundo, temos de contar com as pessoas de uma forma ou de outra e por mais solitário que possa parecer o seu projeto, esta interdependência irá acontecer. É do ser humano interagir e os resultados disso podem ser desde desastrosos até extraordinários, dependendo de como se relaciona com outro, de como encara o seu projeto e de como lida com a sua vontade de controlar tudo.
É normal que diante de um objetivo o primeiro passo seja planejar, o que é uma etapa em que a gente tira o que está na cabeça, o que foi pensado anteriormente e coloca no papel de modo que possamos visualizar aquilo que é prioritário, aquilo que precisa ser feito, na ordem que precisa ser feito, com a urgência que precisa ser feito, de modo que não nos esqueçamos de onde queremos chegar. Sei que estamos na era digital e o papel vem sendo deixado de lado,  mas seja como for é importante ter isso ao alcance da vista, pois isso ajuda a evitar distrações, principalmente, em momentos de turbulência, quando algo dá errado e tem-se impressão de que está saindo do caminho. 
A partir daí é arregaçar as mangas e partir para realização. E é claro que não se faz tudo de uma vez só, um objetivo é conquistado por etapas e é no decorrer desse caminho que muitas pessoas se desesperam e acabam desistindo, porque muitas vezes as coisas não saem como planejado, o outro não atende às expectativas,  falhando no combinado, fazendo com que o projeto atrase. Aliás, quando se considera desde o início essas possibilidades, esses contratempos, o desenrolar das tarefas se torna mais tranquilo, e isto não tem nada a ver com ser pessimista, achando que tudo vai dar errado, não, tem a ver com entender que a vida é assim mesmo, cheia de contratempos a serem superados, então, planejar melhor é algo que se pode fazer!
Procure ter uma margem para que numa situação dessas não tenha a sua imagem desgastada ou sua palavra comprometida. Já quanto a como se sente diante do problema, ora, não adianta deixar que as suas emoções, em geral as piores delas, o consuma, o que atrapalha muito a vida de quem tenta controlar tudo. E a solução é novamente fazer a sua parte, ou seja, buscar autocontrole! Isso sim se pode e se deve fazer! 
Procure ter momentos dedicados exclusivamente a si próprio. Procure por algum momento  não pensar no trabalho ou numa tarefa qualquer, dedique-se a fazer uma higiene mental, o que pode ser conseguido de várias formas, como longas caminhadas, contemplar o pôr do sol, meditar, ouvir uma boa música, seja lá o que for, desde que  o faça sair do seu dia a dia deixando de lado suas preocupações.
Lembre-se o ser humano é um ser complexo e, mesmo diante de uma meta, é preciso considerar todos os seus outros aspectos e necessidades para que consiga adaptá-las ao objetivo, ignorar isto é comprometer o seu sucesso. Então, procure buscar contentamento no que faz, em cada pequena realização, independente de qualquer contratempo, sinta-se alegre por compreender que a vida não é perfeita e que apesar de colocar no papel a sua intenção o seu planejamento, as coisas não irão acontecer exatamente como aquele desenho, exatamente naquela ordem, daquele jeito, mas terão sim uma grande chance de seguir na direção programada se fizer a sua parte sem desanimar.
Fica a dica, faça a sua parte para ser feliz, porque felicidade é aqui e agora. 

 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Por Que a Empatia Importa?

O Que Está Buscando?

A Inveja Mata?