Postagens

Mostrando postagens de Outubro, 2020

A Atitude Correta

Imagem
          Quando pensamos naquilo que desejamos alcançar, naquilo que nos trará felicidade, plenitude, bem-estar e em consequência o sucesso, precisamos estar atentos a três aspectos que, se adequadamente observados, farão uma enorme diferença no curso de nossas vidas. São eles: abertura ou receptividade, renúncia e virtude.           Quando falamos em abertura ou receptividade, isso significa que a nossa postura diante do nosso objetivo deve partir da observação sem julgamentos da realidade, ou seja, do ambiente no qual estamos inseridos, das nossas capacidades e limitações, das nossas habilidades, da viabilidade de realização daquilo que queremos, do impacto que a nossa realização irá gerar nas pessoas com as quais nos relacionamos e convivemos, etc.           Tudo deve ser observado sem que a princípio julguemos ser bom ou ruim seja lá o que for. E isso não quer dizer que não faremos um julgamento de valor sobre se o que almejamos deve ou não ser levado a cabo, porém esse julgamento

A Perspectiva Correta

Imagem
          Como eu costumo dizer, a vida não pede permissão, ela acontece o tempo todo e pronto, é assim e não há nada que possamos fazer quanto a isso.           Porém, podemos estar atentos aos detalhes que conduzem a uma vida plena e feliz, cheia de realizações que nos levam ao bem-estar e ao sucesso.           Desejar coisas faz parte da natureza humana e o desejo em si não é bom ou ruim, apenas dependente da perspectiva correta e do que realmente importa nessa vida.           Ter consciência de que aquilo que fazemos tem um efeito direto, ou seja, de que “aqui se faz, aqui se paga”, como diz o ditado, é fundamental para que possamos nos guiar num caminho sem grandes tropeços. Assim, fica fácil pensar que não devemos fazer nada que não gostaríamos que fizessem conosco. A partir daí, vale a pena refletir sobre nosso próprio comportamento no trabalho, por exemplo, sobre como costumamos agir quando recebemos ordens ou uma tarefa, sobre como abraçamos nossa responsabilidade, se realment

O Milagre da Generosidade

Imagem
          Quando falamos de generosidade, nos vêm à cabeça aquela pessoa que não é apegada ao dinheiro, que é mão aberta, que doa recursos para campanhas solidárias, que doa alimentos para quem precisa, roupas, esse tipo de coisas, mas a generosidade vai muito além de coisas materiais, a pessoa generosa tem a capacidade de se doar ao próximo, no sentido de dispor do seu tempo em prol do outro, de contribuir para os demais, de colaborar sempre que pode e de, naturalmente, não esperar nada em troca por tudo que faz e ainda assim experimentar uma grande felicidade nisso.           Ocorre que essa característica, essa prática, que para alguns é tão normal que se torna um comportamento, favorece bons relacionamentos tanto na vida pessoal como na vida profissional, afinal, quem não quer estar ao lado de uma pessoa boa?           Quando falamos de trabalho em equipe, por exemplo, falamos de colaboração, de companheirismo, porque sim, é preciso que a generosidade esteja presente nessas relaçõe