Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2020

A Eficácia do Aqui e Agora

Imagem
          Muitas pessoas passam a vida sentindo-se ineficientes e incapazes, pois nunca se saem bem naquilo que se propõem a fazer, tendo sempre que entregar algo aquém do esperado ou prometido, sempre envolvidas em se desculpar e justificar pelo inconveniente.           Este tipo de comportamento é, sem dúvida, muito doloroso para os que o sentem e também muito cansativo para os que têm de conviver com esse tipo de pessoa.           Acontece que os motivos para isto podem ser diversos, mas falarei aqui sobre o terrível hábito de quem nunca vive o aqui e agora, de quem nunca está presente nos momentos de sua vida.           Ter a noção da importância de estar de fato presente quando se está realizando alguma ação, seja ela qual for, é determinante para o bom resultado desta ação. Ocorre que algumas pessoas ou estão olhando para trás, presas no passado, tentando entender o que deu errado, revivendo o que já aconteceu e imaginando o que poderia ter feito para que fosse diferente ou estão

Autoconhecimento Vs. Autoimagem

Imagem
          Quando falamos de autoconhecimento, falamos da incrível façanha de conhecer a si mesmo.           E digo isto porque hoje em dia com tantos estímulos, tanta confusão e quase nenhuma orientação, conhecer-se é algo quase que de outro mundo.           Sendo o autoconhecimento o conhecimento de si próprio, das suas características, qualidades, imperfeições, sentimentos etc; que caracterizam o indivíduo por si próprio, como, então, é possível conhecer-se?           Ora, através da observação de tudo o que acontece em nós, partindo da percepção que temos dos fenômenos através dos nossos sentidos e também da inteligência, vamos tendo um vislumbre do que ou de quem somos, vamos tomando ciência de como e porque agimos ou mesmo reagimos de determinada forma em vez de outra, vamos aos poucos identificando algumas de nossas características, vamos reconhecendo o nosso comportamento e o que vamos descobrindo pode ser algo agradável a nós ou não. Porém, se formos bem orientados nisso, ou se

O Dever de Ser Feliz

Imagem
          Seria a felicidade uma obrigação? Mas como, se as circunstâncias da vida não dependem de nós e, muitas vezes, nos sentimos tristes diante de certos acontecimentos dos quais não temos o menor controle?           Ora, para discutirmos este assunto, precisamos primeiramente entender o que significa dever, que é sim uma obrigação, mas, neste caso, com um valor moral com sentido de agradecimento ou devoção e se formos relacionar tal significado de dever com felicidade, chegamos à conclusão de que faz todo o sentido.           Isso mesmo, porque felicidade não é algo que se possua ou que se possa perseguir como um objetivo a ser alcançado e ela se dá em nossas vidas, em nosso ser, justamente pela interação que temos com o outro e pelo reconhecimento de que tudo está conectado e que esse outro é um ser exatamente como nós, que deseja, que sente medo, que se equivoca, que sofre, que é capaz de atitudes nobres, assim como nós, e que é através das nossas ações, uma vez que estas contri