Postagens

Não Hesite

           Quando diante de um objetivo é preciso dar conta das tarefas a serem realizadas,  sempre atento as correções e ajustes necessários para que nada saia do rumo. Até porque,  quem tem um objetivo planeja e sabe o que deve ser feito de antemão.  Porém, algumas vezes, problemas, alguns deles muitas vezes inesperados, surgem e nessa hora a hesitação pode aparecer também.           A hesitação é um dos seis venenos mentais raízes para o Budismo, sendo considerada a base para não deixar a mente focar nas virtudes e tem o aspecto de dividir a mente em relação as verdades. Isto significa dizer que se você sabe o que quer, sabe o que precisa ser feito e sabe que deve ser guiado pelas virtudes rumo ao seu objetivo, a hesitação não deve acontecer, porém, o que faz com que ela aconteça é a distração com fatos aleatórios que remetem a anseios não virtuosos como, por exemplo, a ganância, a soberba, a pretensão, entre outros, fazendo com que o foco no objetivo se perca, assim como a razão de

Qual o Tamanho do Seu Impacto?

Imagem
          Já parou para refletir sobre isto em algum momento da sua vida? Tem noção de que suas atitudes, seus atos neste mundo podem causar um efeito tremendo nas pessoas que o rodeiam? Está ciente de que sua ação pode modificar toda a sua vida e a dos outros também? Muitas vezes, olhamos para as nossas vidas e a julgamos sem graça, inútil, sem importância aquilo que fazemos, como se nada fosse significativo. Porém, essa impressão que, às vezes, temos não faz o menor sentido. Não importa a classe social a qual pertencemos, nem o grau de formação que temos, não é o status que define o impacto que um ser humano pode causar, mas sua simples existência e sua escolha. Sim! Existir já basta para impactar! E é engraçado porque, em geral, as pessoas não acreditam mesmo nisso. Sabe aquele “pense positivo”, “faça sempre o seu melhor”, “tenha boa vontade sempre”, “não faça com o outro aquilo que não gostaria que fizessem com você” e vários outros avisos com que todos acabam se deparando

Dando Conta Do Recado

Imagem
Todos os que se lançam numa empreitada, seja qual for o objetivo, querem vê-lo realizado. Porém, chegar lá exige, muitas vezes, uma longa caminhada, o que exigirá também muita força de vontade, persistência, foco e autoconhecimento. Sim, autoconhecimento é importante, pois permite ir onde suas pernas alcançam, não num sentido limitador, mas no sentido de realidade, de saber sua capacidade, sua resistência, sua habilidade e, assim, poder traçar as metas das quais, certamente, será capaz de dar conta. As pessoas são diferentes umas das outras, umas são mais rápidas de raciocínio, têm mais energia e disposição, outras têm mais habilidades de lidar com as pessoas, de comunicação, sabem delegar, sabem cobrar e dependendo daquilo que se deseja fazer, certas qualidades serão fundamentais. E é aí que entra a necessidade de conhecer-se. Saber o que sabe fazer de melhor, assim como o que tem mais dificuldade de pôr em prática pode ajudar e facilitar muito as coisas para aquele que está

Entre o Erro e a Verdade

Imagem
          “Errar é humano, persistir no erro é burrice.” ― Quem é que já não ouviu isso antes? E quem pode discordar de tão sábia frase? Porém, o que acontece é que, algumas vezes, as nossas ações não condizem nem um pouco com as nossas crenças, sabemos que algo é errado e inapropriado, mas ainda assim, insistimos em fazê-lo e por que, meu Deus, por quê? Nós seres humanos viemos a este mundo e tudo o que sabemos dele e fazemos nele e dele é fruto de constante interação, o que acaba por nos modificar também. Ou seja, somos como uma engrenagem muito complexa e algumas vezes, justamente, pela enorme complexidade da nossa existência, essa engrenagem pode falhar. Agora, imagine que tudo o que se quer é essa engrenagem funcionando em perfeitas condições. Ora, o que fazemos para que o nosso carro funcione bem? ― E, por favor, entendam que este exemplo é só para tornar a compreensão mais fácil, pois de forma alguma se pode comparar o ser humano a um carro. Enfim, nós fazemos vistoria

No Lugar do Outro

Imagem
            Quem é que quando pequeno nunca tomou um pito de sua mãe e ouviu: “Que coisa feia, não faça assim, você precisa se colocar no lugar do outro.” Pois é, essa é uma lição que temos de saber de cor, pois se pusermos em prática essa simples atitude, veremos a vida sob outra perspectiva e, assim, não faltarão oportunidades para nos fazer avançar. Às vezes, ocupamos uma função que pensamos não estar de acordo com a nossa capacidade ― “Eu não ganho para isso!” ― é o pensamento de muita gente e por se achar acima de sua função, não faz o seu melhor e, em consequência disso, não sai do lugar. Pois é, é um círculo vicioso e a distração, além da soberba, acaba atrapalhando muito. Dia desses estava acompanhando o desempenho de uma atendente de um quiosque de chocolates. Uma das clientes havia pedido umas cinco barrinhas de chocolate, uma caixa de bombons artesanais, coisa pequena, com dez unidades apenas e mais uma conserva, uma espécie de antepasto. O outro cliente, que parecia