A Credibilidade e o Sucesso

        O que exatamente quer dizer credibilidade e por que ter credibilidade é tão importante para os relacionamentos, sejam eles pessoais, profissionais e comerciais?
Bem, credibilidade é a qualidade do que incita confiança, do que se pode confiar, acreditar, é também a característica de quem consegue ou conquista a confiança de alguém, por fazer crer que possui crédito. E neste caso, podemos falar sim de atividades comerciais. Atividades que compõem a vida de todas as pessoas que trabalham, que empreendem, que fazem de tudo para prover o próprio sustento e o de suas famílias e que contribuem para o saudável funcionamento da sociedade.
Mesmo informalmente, muitos de nós, já estivemos em situações onde a credibilidade é requerida, por exemplo: uma mulher que trabalha formalmente num escritório e complementa a renda vendendo cosméticos para as colegas precisa ela mesma passar confiança quanto a qualidade da mercadoria, que esta será entregue no prazo estipulado, assim como, precisa acreditar que o comprador cumprirá seu compromisso de quitar sua dívida no tempo certo. Veja que também o comprador precisa passar credibilidade.
É assim em todas as relações humanas. A credibilidade e confiança é essencial, é crucial para relações saudáveis e frutíferas.
E quando a credibilidade não está presente, tudo corre risco de colapsar, de desmoronar, pois a desconfiança é como cupim em casa de madeira, fragiliza as estruturas e cria muitos problemas.
Houve um tempo em que os acordos eram feitos na base da palavra, do fio do bigode, onde era muito mais importante preservar a própria credibilidade e manter a palavra dada do que obter ganhos a qualquer preço.
Tempo bom… em que os valores morais estavam presentes nas pessoas, além de valores superiores, relacionados à religiosidade e que as obrigavam a agir corretamente, não preocupadas em cumprir o trato em si, mas sim os mandamentos.
Veio a modernidade e muita coisa mudou, contratos, muita formalidade, a necessidade de apresentar muitas provas antes de realizar uma transação, muitos intermediários e, ainda assim, muita dificuldade de experimentar a confiança tão necessária para a prosperidade de modo geral.
Mesmo nas relações pessoais se experimenta a mesma insegurança, pois as pessoas não mais se sentem obrigadas a agir corretamente com base nas virtudes e privilegiam seus próprios interesses em detrimento de sua credibilidade.
Quando pensamos no mundo em que gostaríamos de viver, nos esquecemos de que este mundo é formado de pessoas, de indivíduos que pensam e que agem conforme suas consciências. Sendo assim, uma sociedade não é boa ou ruim, pois não é uma entidade e sim um conceito. Uma sociedade é um conjunto de pessoas, de indivíduos e este sim pode ser bom ou ruim e se o número de indivíduos bons é superior aos ruins, temos uma boa sociedade, baseada na confiança e credibilidade, nas virtudes, na cooperação, na prosperidade, caso contrário o que temos é uma sociedade doente, perversa, desonesta, cruel, pobre e mesquinha.
E sim, a prosperidade está diretamente relacionada com a credibilidade, pois só num ambiente de confiança, onde os indivíduos têm a liberdade de agir conforme suas consciências é que se torna possível gerar riqueza e bem-estar social, alcançando a felicidade e o sucesso.
Fica a dica, valorize a credibilidade para ser feliz, porque felicidade é aqui e agora.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Livre-se Das Aparências

Mudando o Foco

O Poder Da Renúncia