Descubra O Poder De Um Hobby

        Você tem um hobby?
        E você sabe a importância de se ter um hobby

        Parece bobagem, mas desenvolver uma atividade voltada para o prazer e relaxamento onde não se tenha a preocupação de ganhar dinheiro, ou seja, uma atividade que não ocupe todo o seu tempo, é fundamental para quem deseja manter um estado de felicidade.
        É verdade! Quando você se entrega a esses momentos, você experimenta o que chamamos de flow, estado de fluxo onde você é capaz de vivenciar o momento presente sem se distrair com preocupações e outros pensamentos.
        Ali você se dedica a cada detalhe, buscando a superação de si mesmo sem comparações, sem julgamentos, você simplesmente dá o melhor de si sem nem mesmo se aperceber disso.
        E é incrível como tudo isso acontece pelo simples fato de você não estar preocupado em provar nada para ninguém, sua única intenção é inicialmente experimentar, depois se permitir usufruir do prazer proveniente de uma atividade tão despretensiosa.
        Parece maluquice, mas isso também é uma forma de autoconhecimento.
Outro dia, perguntei a uma conhecida, quem acabara de se aposentar, do que ela gostava, quais eram seus interesses e o que a fazia feliz. Ela simplesmente não soube o que dizer.
        Isso é assustador, não é?
        Mas é muito comum. E se nós não nos dermos conta de como muitas vezes somos tão desconectados de nós mesmos, vamos acabar um dia sem saber quem somos realmente.
        Ter um hobby é um bom começo. Aliás eu recomendo a você, quem se aposentou recentemente, ou a você, quem tem tempo de sobra e preenche todo o esse tempo com preocupações sem cabimento, que procure imediatamente um hobby.
        Assim que possível, faça a seguinte experiência: saia um dia sozinho, faça uma caminhada ou tome um café em algum lugar legal, olhe em volta, observe as pessoas, acalme seus pensamentos e aos poucos olhe para o seu interior e tente responder a essas perguntas: Que tipo de pessoa eu sou, para baixo, para cima, solitária, sociável? Quais são os meus gostos? Do que realmente eu gosto? Que tipo de atividade me daria prazer e me faria relaxar?
        Não tenha pressa e se permita, não julgue a si próprio capaz ou não de realizar a atividade que lhe veio a mente, experimente. Talvez não seja tão fácil arranjar um hobby de primeira, principalmente para aquelas pessoas que sabem muito pouco de si, mas é a tentativa que gera a descoberta.
        Você pode dançar, pode correr, fazer jardinagem, trabalhos manuais, artesanato. Seja lá o que for, o importante é se a atividade lhe permite vivenciar o aqui e agora, o estado de fluxo, a satisfação pessoal.
        Fica a dica, permita-se para ser feliz, porque felicidade é aqui e agora.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Autoconhecimento Vs. Autoimagem

Um Choque de Realidade

Seja Otimista