Conquistar Para Reinar

        Quando você pensa em sucesso o que lhe vem à cabeça?
        Provavelmente dinheiro, posses, autonomia, liberdade de fazer o que quer sem experimentar nenhuma restrição, a sensação de poder, de controle, de respeito, esqueci alguma coisa?
        Em geral atribuímos ao sucesso algo que está fora de nós e que precisa ser conquistado. Mas será que é mesmo isso?
        Porque, veja, há momentos em que a vida simplesmente nos impões restrições que tornam muitas coisas fora do nosso alcance e aí eu pergunto, nesses momentos fracassamos?
        Claro que não! Significa apenas que a vida é assim mesmo. Há circunstâncias favoráveis e outras não. E sabemos bem que não controlamos tudo, embora para alguns esta ânsia seja um desejo incontrolável.
        Mas que diabos é o sucesso então?
        Sucesso é o que se sucede com êxito, é um resultado favorável, um acontecimento satisfatório, feliz.
        Ora, então o sucesso tem muito mais a ver com o que fazemos e realizamos e com o estado que vivenciamos para agir no mundo do que com a materialidade de nossas realizações? Ou seja, se eu quero comprar um carro novo e sim, conquisto meu objetivo, é o carro novo que me fará feliz ou será que é a sensação proveniente de todos os planos feitos e de todas as decisões tomadas e de todo o esforço para que tudo sucedesse favoravelmente à compra do carro que me fará experimentar a sensação de vitória, de autonomia, de satisfação e felicidade?
        O que você acha?
        Eu sempre costumo dizer que é a felicidade que nos leva ao sucesso e não o contrário.         O sucesso é fruto de pequenas conquistas e a maior delas é sem dúvida a conquista do único território em que podemos ser realmente os senhores e reinar absolutos e, adivinhe, esse território se encontra dentro de nós, é exatamente nossos corações e mentes.
        Observe a situação atual, um momento tão inusitado que francamente eu nunca poderia imaginar que pudesse acontecer. Estamos sim, de certo modo, todos limitados e se encararmos o sucesso como algo fora e distante de nós, já começaremos fracassando, já estaremos rendidos à angústia e desespero. Pois este é um momento de nos recolher, não a nossa insignificância, exatamente o contrário, e de puxar para nós a responsabilidade de dar um passo de cada vez, de fazer o que é possível, baixando as expectativas, e entendendo finalmente que tudo o que buscamos experimentar de bom nesta vida, só é possível se controlarmos e dominarmos a nós mesmos. Só assim seremos livres das amarras e limitações deste mundo. Só assim seremos capazes de nos adaptar e agir em alta performance, que é exatamente fazer tudo o que está ao nosso alcance. Só assim seremos felizes.
        Não se preocupe com o destino, a vida é o que é, ela simplesmente acontece sem pedir permissão. O que de fato importa é a jornada, o caminho, e cada passo dado depende única e exclusivamente de cada um de nós.
        Fica a dica, conquistar coração e mente para ser feliz, porque felicidade é aqui e agora.



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Autoconhecimento Vs. Autoimagem

Um Choque de Realidade

Seja Otimista