O Esforço Correto

        Desde crianças somos alertados de que para conseguir o que se quer é preciso esforço. E sim, isto faz todo o sentido, pois quando estamos diante de uma empreitada, precisamos, muitas vezes, empregar forças e energias (física, moral, intelectual etc.) para dar conta de tal empreendimento.
        Porém, a tentativa de satisfazer um desejo, realizar um sonho ou ideal, cumprir um dever etc., pode se transformar numa ação penosa, difícil, cujo empenho sem a diligência adequada pode comprometer todo o trabalho.
        Isso quer dizer que nem todo o esforço resulta em alguma coisa. Não basta força moral para enfrentar situações de perigo ou adversas nem apenas coragem, valentia e intrepidez para chegar lá. É preciso atenção cuidadosa na aplicação e no desempenho de uma tarefa.
        Faz pensar, não é mesmo?
        Sem dúvida essa diligência, essa dedicação e zelo são essenciais para o sucesso e ao longo do caminho, quando desanimamos e pensamos em desistir, faz-se necessário revigorar o ânimo e o vigor em face de determinado objetivo, buscando superar obstáculos que atrapalham e muito a sua realização. É preciso estímulo para vencer dificuldades e devemos nos esforçar para isto.
        Porém, de todos os sentidos que a palavra esforço quer dizer, nenhum é mais importante do que atentar-se definitivamente para ver com clareza a realidade que nos cerca e as coisas como elas são.
        Esse é certamente o que se pode chamar de esforço correto, pois se não soubermos identificar a direção, se não identificarmos o que precisa ser trabalhado, o que precisa ser cuidado, se não tivermos o real senso de proporção, apenas iremos desperdiçar uma enorme energia e talvez nem sequer tenhamos ânimo para insistir na jornada que decidimos tomar.
        Fica a dica, faça o esforço correto para ser feliz, porque felicidade é aqui e agora.

 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Livre-se Das Aparências

Mudando o Foco

O Poder Da Renúncia