Qual o Seu Propósito?

        Você já se fez esta pergunta? Você está ciente da sua maior vontade? Sabe qual é sua real intenção nesta vida? Sabe qual é o seu propósito?
        Se não, saiba que é importantíssimo descobrir o que de fato lhe move nessa vida, pelo simples fato de que é a intenção que determina a ação.
        Sendo o propósito o que está por trás de tudo aquilo que se faz é preciso conhecê-lo bem, pois ele é exatamente o que define a direção de todo esforço e ação. Todos temos um propósito e se nos iludirmos a seu respeito estamos fadados ao fracasso.
        Vamos exemplificar para ficar mais fácil de entender, até porque essa vontade que todos experimentamos pode se apresentar como uma coisa e, na verdade, ser outra completamente diferente. Imagine que seu propósito é montar o próprio negócio e poder prover o seu sustento e o de sua família por sua própria conta. Ótimo! Agora, ciente do que deseja é preciso planejar e pôr em execução o que foi planejado, tarefa por tarefa até que se concretize o objetivo. Certo? Parece muito claro! Só que não…
        Veja, se o seu objetivo é realmente montar seu próprio negócio, e fazer com que de fato se sustente dele, ou seja, fazer com que dê certo, com certeza, avaliará muito friamente sua capacidade financeira para ver se realmente é capaz de implementar a ideia e fazê-la funcionar de fato. Só irá contratar um funcionário se realmente puder e for o melhor para o negócio, só dará um passo se estiver ao alcance de suas pernas, certo? Mas se sua intenção na verdade for sentir-se melhor do que as pessoas com quem convive, se sua intenção na verdade é ostentar, ou aparentar ser o que não é, apenas para satisfazer seu ego, seus critérios e ações passam a ser outros. Por exemplo, talvez não considere suas finanças adequadamente, pois aí o mais importante é ostentar e mostrar-se superior, logo não estará preocupado com o negócio em si, mas com sua satisfação escusa e, exatamente por isto, não será capaz de pôr em prática as ações certas que poderiam levá-lo ao sucesso da empreitada.
        Percebe a diferença?
        Nós não somos máquinas e, apesar de exercermos diferentes funções na vida, diferentes papéis, não podemos pensar em propósito como um simples objetivo desconsiderando quem somos, até porque, somos frutos de nossas percepções, de nossos pensamentos, de nossas interações e se não entendermos propósito como sendo aquela vontade que se repete ao longo da nossa vida e que frequentemente se manifesta nos fazendo agir como agimos, não poderemos lidar com ele de maneira adequada.
        Pense o seguinte, se o exemplo que eu dei fosse o seu caso, imagine que ao tomar consciência disso, poderia perfeitamente trabalhar a sua vontade, o seu propósito para a que este apontasse para a direção certa, para algo mais positivo em sua vida. Assim, em vez de buscar a superioridade em relação ao outro, buscaria superar-se e melhorar suas habilidades, bem como se capacitar para que pudesse exercer e realizar cada tarefa da melhor forma possível.
        Talvez agora fique mais fácil responder a essa pergunta: Qual é o seu propósito?
        Fica a dica, saber o seu propósito para ser feliz, porque felicidade é aqui e agora.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Livre-se Das Aparências

Mudando o Foco

O Poder Da Renúncia