Esteja no Momento Presente

 
A meditação é uma prática que nos ensina muito, pois vamos, na medida em que evoluímos nessa prática, aprendendo a ter calma, concentração, paciência e, principalmente, a estar presente em cada momento de nossa vida.
E por que isso interessa?
Pela simples razão de que a vida é um sopro. Sim, a vida é curta e, justamente, por isto devemos viver cada momento com toda dedicação.
Porém, o engraçado é que quando se ouve “viver cada momento”, a ideia remete a um jovem num carrão em alta velocidade ou alguém que abre mão da responsabilidade, tão banal, e sai pelo mundo em busca de aventuras. E definitivamente não se trata disso.
Nos dias de hoje é comum que as pessoas vivam mais, ou seja, cheguem a uma idade avançada. Isto é ótimo, porém, às vezes, traz alguma dificuldade, pois a idade pode vir acompanhada de problemas de saúde que dificultam a vida do idoso e também da família, de quem ele passa a ser dependente de alguma forma.
Problemas como a demência ou mesmo o Alzheimer, por exemplo, geram um verdadeiro drama familiar, porque além da dependência que envolve o idoso, o esquecimento afeta profundamente cada membro da família que tem de lidar com o fato de ser esquecido, de não ter mais a oportunidade de dizer o que ficou guardado, de resolver questões importantes que poderiam ter sido divididas e agora essa possibilidade não existe mais.
Em momentos como este é normal que se lamente cada minuto perdido, cada oportunidade perdida de simplesmente sentar-se à mesa com aquela pessoa querida e tomar um café acompanhado de uma boa conversa. Momentos em que se poderia ter estado lá de verdade, realmente presente.
Quem vivencia esse drama nunca se lamenta pelas grandes aventuras que não foram vividas nem compartilhadas, mas pelas pequenas coisas que deixaram escapar como um simples carinho que não demonstrou, uma gentileza não praticada, um encontro negado e tantas outras pequenas coisas que valem cada minuto de nossas vidas.
Arrepender-se é algo muito doloroso e ter de lidar com o arrependimento e a impossibilidade total de voltar no tempo pode acabar com uma pessoa.
Porém, se tivermos a noção do valor de cada momento antes que se esvaia, se aprendermos a dar valor e a reparar as coisas simples e reconhecer que são nelas que em grande parte nos realizamos como seres emotivos, ternos e amáveis, caso tenhamos de experimentar um desafio semelhante ao de perder alguém para o esquecimento, experimentaremos a tristeza, mas não preencheremos boa parte do livro de nossas vidas com lamentações e sofrimento, pois este já estará repleto de belas histórias vividas e compartilhadas.
Fica a dica, aprenda a estar no momento presente para ser feliz, porque felicidade é aqui e agora.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

A Inveja Mata?

Você é do Tipo Emocional?